Como Emagrecer Rápido, Mas Com Saúde?

Como Emagrecer Rápido, Mas Com Saúde?

As pessoas estão cada dia mais se tornando mimadas. Elas querem comer tudo de bom e na quantidade que desejam, sem engordar; depois querem emagrecer com a mesma dieta que vêm seguindo; então, desejam acelerar o resultado e perder peso rapidamente; e, se não bastasse, querem manter a saúde.

Não dá para ter tudo o que desejamos. Precisamos nos disciplinar, fazer concessões e tomar atitudes que condigam com aquilo que precisamos. Muito do que queremos é inversamente proporcional aos outros pedidos que temos, portanto, precisamos tentar encontrar um ponto de equilíbrio, de modo que tenhamos bons resultados mantendo nossa felicidade.

Como emagrecer rápido, mas com saúde, então? Caso balanceemos os dois lados da equação, poderemos chegar a um resultado que permita o emagrecimento, bem como a manutenção da saúde.

Como Emagrecer Rápido, Mas Com Saúde?

Como Emagrecer Rápido, Mas Com Saúde

Como emagrecer mantendo a saúde?

A saúde deve sempre ser preservada, pois ela é o pilar do nosso dia a dia. Pessoas que emagrecem de maneira descabida acabam sempre atingindo negativamente essa tal saúde, o que reflete em todos os outros campos, desde o pessoal até o profissional.

Logo, emagrecer sempre tendo em vista as suas funções vitais e interioranas é fundamental para que consiga resultados longínquos e que os motive a continuar nessa estrada por muitos e muitos anos.

Para tal, é preciso entender alguns fatores fundamentais nessa caminhada. Por exemplo, é possível emagrecer rapidamente, sim, no entanto, não dura muito tempo. Logo, você pode começar com certa restrição, mas ir entrando nos eixos de modo que encontre o ponto que você consiga manter por mais tempo, ou seja, o equilíbrio.

Como emagrecer rápido, mas com saúde, em 5 passos

Não é preciso mais do que 5 passos parar entender os mecanismos de como emagrecer rápido, mas com saúde. Todavia, é necessário ler e reler, de modo que as informações fiquem em sua cabeça.

Ao entender plenamente cada um dos tópicos que serão apresentados abaixo, certamente você terá uma mina de informações que poderá colocar em prática por toda a sua vida, emagrecendo quando e quanto quiser.

Leia Também:

Como Diminuir o Apetite Sem Tomar Remédios?

Como Perder Barriga Rapidamente

1# – Diminuindo a quantidade das calorias vazias

A grande maioria das pessoas engorda não por comer demais, mas por comer alimentos errados demais. Há uma grande diferença. Se essas mesmas pessoas mantivessem o consumo de arroz, feijão e carne, por exemplo, mas controlassem a ingestão de refrigerante e sobremesa, poderiam perder peso sem se esforçar. Entende?

São as calorias vazias, ou seja, que não ajudam em nada, que inflam o balanço energético no fim do dia. Outro exemplo é o açúcar que colocamos no café. De maneira sutil, ele ajuda você a engordar, então, que tal diminuir o número de colheradas, por exemplo?

2# – Aumentando a ingestão de folhas

As folhas são fantásticas para quem busca o emagrecimento, porque elas apresentam pouquíssimas calorias. E o que isso quer dizer? Quando você estiver com fome, pode mandar 1kg de alface para o estômago, que as chances de saciar serão altas e não contribuirá para o aumento do peso.

Você pode comê-las na salada ou, até mesmo, com alimentos proteicos, como o frango, levando uma vida muito mais saudável. No entanto, lembre-se de que é preciso variar, para garantir o consumo de todos os tipos de vitaminas e minerais.

Além disso, para não enjoar, você pode fazer uso da incrível variedade que há de folhas na vegetação, tornando o seu cardápio muito mais dinâmico e saboroso.

Fica uma ressalva aqui em relação ao tempero! Cuidado com o excesso de azeite de oliva sobre as folhas. Por ser um óleo, há uma incrível quantidade de calorias, que pode facilmente tornar sua refeição mais calórica!

3# – Realizando exercícios físicos frequentemente

Não há outra maneira mais eficaz de emagrecer rapidamente, mas com saúde, do que realizar atividades físicas. Além de você queimar calorias e utilizar seus depósitos de gordura como energia, estará contribuindo para uma melhora generalizada da saúde, desde o fortalecimento do sistema cardiovascular até o melhor controle da respiração.

Resumindo: é juntar o útil ao agradável. O mais interessante é que você não precisa, necessariamente, se martirizar, pois atividade física pode ser desde academia até jogar uma pelada com os amigos.

O ponto é: você precisa movimentar-se com frequência. Faça isso e o sucesso será garantido!

4# – Cortando os carboidratos aos poucos

Na ânsia de querer emagrecer muito rapidamente, as pessoas acabam cortando o carboidrato a ponto de não ingerirem mais nenhum amido ou açúcar. Obviamente, elas perdem peso, pois temos muito glicogênio estocado! Além disso, a retenção hídrica também diminui. Esses dois fatores não estão ligados ao total de gordura no corpo, portanto, a pessoa recupera o peso e reclama que nenhuma dieta funciona.

Por isso, vá cortando os carboidratos aos poucos. O que isso significa? Diminua uma boa parte dos alimentos ricos em amido e açúcar; depois de alguns dias, ou semana, corte mais um pouco; e assim sucessivamente.

Desse modo, você se precaverá de um problema bastante comum que é a fraqueza. Sem carboidratos, o corpo fica mole e a você fica mais lerda no raciocínio. Ao acostumar-se aos poucos com o corte, você evitará tal problema tão comum.

5# – Descansando sempre que possível

Por fim, emagrecer rapidamente não está ligado apenas a realizar atividades físicas e controlar a ingestão de alimentos. O corpo precisa resolver a fórmula, fazer o balanceamento de energia, para chegar a uma resposta ao fim do dia.

Dessa maneira, descansar é essencial para que o corpo faça as melhores escolhas. Pesquisas mostraram que pessoas que dormiam pouco tinha mais fome ao longo do dia, pois o corpo não conseguir restabelecer as energias durante o sono.

Falam que o ideal é adormecer por 8 horas, mas na verdade não existe um número exato. Alguns conseguem se recuperar 100% apenas após 10 horas de sono, e está tudo bem. Não é uma receita de bolo, mas, sim, uma estimativa.

Então, ajeite sua dieta, faça exercícios sempre que possível e, acima de tudo, descanse muito, para aguentar a rotina corrida. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *